RESUMO DO PROJECTO SEL

– Código do projeto: PDR2020-331-058495
– Objetivo principal: Reforçar a competitividade do setor agroalimentar e florestal
– Apoio financeiro da União Europeia: FEADER – 230.226,75€
– Resumo do projeto: Prosseguindo os objetivos de expansão e crescimento, assim como de
adaptação às tendências do mercado e dos consumidores, a SEL pretende reforçar, melhorar e
diversificar a sua oferta ao mercado no que respeita aos produtos de charcutaria tradicional,
mais precisamente alavancar a produção e vendas de charcutaria fatiada (enchidos
tradicionais e presunto de Porco Alentejano) e em especial no domínio dos produtos mais
nobres que são os de maior qualidade e valor acrescentado.

FICHA DO PROJECTO SEL

– Designação do projeto: Expansão e modernização da atividade com enfoque na área da charcutaria tradicional
– Código do projeto: PDR2020-331-058495
– Objetivo principal: Reforçar a competitividade do setor agroalimentar e florestal
– Região de intervenção: Alentejo Central
– Entidade beneficiária: Salsicharia Estremocense, S.A.

– Data de aprovação: 22/04/2020
– Data de início: 11/09/2019
– Data de conclusão: 31/08/2020
– Custo total elegível: 767.422,50€
– Apoio financeiro da União Europeia: FEADER – 230.226,75€

– Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos:

Os principais objetivos definidos pela SEL são os seguintes:
– Reforço da capacidade de produção e diversificação do negócio na área da charcutaria tradicional Alentejana, produtos estes com boas rentabilidades e alta qualidade.
– Reforçar a inovação, desenvolvendo produtos que respondam aos novos hábitos de consumo e que, por isso, têm maior valor acrescentado, designadamente linhas de produtos mais saudáveis, produtos de nicho (gourmet), gamas com formatos cada vez mais “convenience” facilitando o seu consumo e novas embalagens, favorecendo a sua conservação e apresentação no linear, transmitindo maior qualidade e segurança alimentar e promovendo a comercialização dos produtos não só no mercado interno (e em particular nas grandes superfícies) como no mercado internacional, domínio este onde a SEL, em linha com o que vem sucedendo, pretende crescente dinamismo.
– Modernização tecnológica e otimização de processos reduzindo custos de transformação, aumentando a produtividade e garantindo as melhores técnicas de fabrico como forma de ganhar escala sem perder a qualidade e desta forma, maior competitividade para concorrer com os principais players internacionais provenientes de Espanha e Itália.
– Desenvolvimento da atividade com crescente enfoque nas práticas mais eficientes e sustentáveis para o meio ambiente.

A SEL pretende através da presente operação aumentar a produção no segmento dos enchidos na ordem dos 5%, em especial por via do aumento dos produtos de charcutaria tradicional alentejana, ou seja, os produtos mais nobres de maior qualidade e gamas com formatos de maior conveniência, caso dos fatiados.

Por outro lado, na sequência da forte procura que lhe é dirigida na categoria dos presuntos e também em linha com o aumento do consumo destes produtos no mercado, pretende-se duplicar a produção (sem perder o processo artesanal e de cura natural), apostando-se igualmente no desenvolvimento da gama de produtos gourmet (Varanegra) e também em novos sistemas de embalagem que facilitam o seu consumo, favorecem a sua conservação e apresentação no linear, transmitindo maior qualidade e segurança alimentar e, consequentemente promovem a sua comercialização.

Simultaneamente, assegurar total autosuficiência energética da nova área produtiva e uma crescente incorporação de energias renováveis em todo o circuito de produção da fábrica, prosseguindo os desígnios da competitividade e da sustentabilidade, assim como aumentar a eficiência produtiva no processo de cura dos enchidos por via do aumento do controlo e automatização dos processos.

O projeto encontra-se atualmente em fase de execução com um grau de realização que ascende a cerca de 85%, e centrado na aquisição e instalação dos principais equipamentos de fatiagem e embalagem de enchidos tradicionais e de transformação de presuntos curados.